segunda-feira, 19 de dezembro de 2011

O RECEBIMENTO DO ESPÍRITO SANTO

Pr. Dinelcir de Souza Lima
Talvez uma das maiores dificuldades de compreensão da doutrina do Espírito Santo esteja na falta de visão da diferença entre as expressões batismo e recebimento e, consequentemente, também na falta de compreensão a respeito da diferença entre o batismo no Espírito Santo, e o recebimento do Espírito Santo. Inicialmente devemos logo observar que a expressão batismo é referente a estar completamente imerso, completamente tomado, completamente mergulhado, completamente envolvido; e que a expressão receber é referente a ser alcançado por algo, obter ou alcançar algo, tornar-se o receptáculo de algo.

Deve ser observado, ainda, que as idéias são completamente diferentes e que, quando confundidas, podem trazer sérios problemas doutrinários e, até mesmo, dificuldades na vivência de um cristianismo autêntico. Tão sério pode ser o problema de confusão entre o batismo e o recebimento do Espírito Santo, que igrejas já capacitadas para a obra de evangelização, para cumprir o seu papel de apresentar Jesus ao mundo, podem estagnar dedicando-se a intermináveis atividades de busca de um batismo inexistente para seus membros. Também indivíduos convertidos podem estancar o fluxo da pregação individual do evangelho a outros indivíduos, podem estagnar no aprendizado das doutrinas bíblicas, no cuidado e fraternidade com seus irmãos, ao lançarem-se em um frenesi inconseqüente, buscando algo que já receberam há muito tempo.
Neste estudo, deveremos observar a diferença entre recebimento e batismo no Espírito Santo, quem recebe e como recebe o Espírito Santo.

QUEM RECEBE O ESPÍRITO SANTO

Atualmente existem idéias muito estranhas no meio evangélico a respeito das pessoas que podem, ou devem, ou recebem o Espírito Santo. Uma delas é a de que só recebe o Espírito Santo aquele indivíduo que já foi batizado “nas águas”. Contra esta argumentação lembramos o fato de que o Espírito Santo veio sobre os da casa de Cornélio antes de serem batizados (Atos 10:44-48). Outra é a de que só recebe o Espírito Santo quem se dedica a intensos períodos de jejum e oração. Contra esta idéia também podemos citar a manifestação na casa de Cornélio, bem como todas as outras três manifestações registradas no Novo Testamento, onde, em nenhum momento os que foram alvo da manifestação do Espírito Santo estavam orando ou jejuando, pedindo o recebimento. Na casa de Cornélio o apóstolo Pedro estava pregando; em Samaria os samaritanos não estavam nem se importando em receberem ou não o Espírito Santo; em Jerusalém estavam todos assentados, quietos, e, em Éfeso, ninguém também pediu manifestação alguma.
Definitivamente não há na Bíblia nenhum ensinamento ou fato registrado que direcione o crente a buscar receber o Espírito Santo. O que encontramos, na realidade, é um tipo só de ensinamento: que recebe o Espírito Santo todos os indivíduos que creem em Jesus Cristo. Vejamos os seguintes exemplos e ensinamentos bíblicos.

1. O apóstolo João afirmou que recebem o Espírito Santo os que crêem em Jesus - João 7:39. Ele registrou a promessa do Senhor Jesus de que enviaria o Espírito Santo e explicou que receberiam o Espírito Santo os que cressem em Jesus.
2. O apóstolo Pedro pregou a necessidade de crer em Jesus para o recebimento do dom do Espírito Santo - Atos 2:38. Diante da pergunta sobre o que fazer tendo o pecado de matar a Jesus Cristo, ouvintes compungidos ouviram do apóstolo Pedro a resposta: “Arrependei-vos, e cada um de vós seja batizado em nome de Jesus Cristo, para perdão dos pecados; e recebereis o dom do Espírito Santo”. Arrependimento e batismo só são válidos para Cristo, se forem precedidos pela crença em Jesus como Salvador.
3. O apóstolo Pedro afirmou que recebeu o Espírito Santo quando creu em Jesus - Atos 11:17. Apresentando sua defesa à igreja de Jerusalém a respeito do motivo de ter batizado Cornélio e os da sua casa, o apóstolo diz: “Portanto, se Deus lhes deu o mesmo dom que a nós, quando havemos crido no Senhor Jesus Cristo...”
4. O apóstolo Paulo tinha a convicção de que o indivíduo recebe o Espírito Santo quando crê em Jesus - Atos 19:2. A pergunta do apóstolo aos doze discípulos de João Batista, não deixa qualquer dúvida quanto à sua convicção: “Recebestes vós já o Espírito Santo quando crestes?”
5. O apóstolo Pedro afirmou que o Espírito Santo é dado quando o indivíduo se arrepende e é batizado em nome de Jesus Cristo - Atos 2:38. Ou seja, quando crê em Jesus Cristo e manifesta ao Senhor Jesus esta crença através do batismo. Devemos lembrar que não há batismo autêntico sem crença em Jesus Cristo e que o batismo, nos primórdios, era concomitante ao ato de arrependimento dos pecados e crença no Senhor Jesus Cristo.
6. O apóstolo Paulo foi cheio do Espírito Santo ao ser batizado - Atos 9:17,18. Lembrando do que dissemos anteriormente, que o batismo era um ato concomitante à crença, à entrega a Jesus Cristo, vemos o orgulhoso Saulo entregando-se ao batismo através de um obscuro (para ele) crente em Cristo, Ananias, o que manifestava, a Jesus Cristo, a sua entrega real como servo de Cristo.

COMO O CRENTE RECEBE O ESPÍRITO SANTO

Porque houve em Jerusalém, no dia de Pentecostes, manifestações visíveis e audíveis no batismo com o Espírito Santo, e, também, porque há em religiões animistas mani-festações físicas e lingüísticas quando um indivíduo fica incorporado por uma entidade espiritual, foi desenvolvida a idéia de que uma pessoa, ao receber o Espírito Santo, também precisa passar por manifestações físicas e lingüísticas.
Não é verdade. A Bíblia não registra nenhum comportamento sobrenatural dos servos de Jesus Cristo quando receberam o Espírito Santo. Como pudemos ver nas duas lições anteriores, no dia de Pentecostes os discípulos não receberam o Espírito Santo, mas a igreja de Cristo foi batizada.
Podemos dizer com certeza que não receberam o Espírito Santo naquele dia, porque há uma passagem bíblica que afirma terem ele recebido o Espírito Santo antes de Jesus subir para a presença do Pai. Em João 20:21,22 lemos: “Disse-lhes pois Jesus outra vez: Paz seja convosco; assim como o Pai me enviou, também eu vos envio a vós. E, havendo dito isto, assoprou sobre eles e disse-lhes: Recebei o Espírito Santo.”
Os discípulos de Jesus receberam o Espírito Santo antes de acontecer o batismo no dia de Pentecostes, e o texto transcrito acima não faz qualquer referência a acontecimentos sensacionais, milagrosos, estapafúrdios, quando do recebimento providenciado por Jesus. Atualmente, alguns indivíduos estão utilizando este texto para assoprarem sobre outras pessoas e afirmarem que assim eles estão fazendo com que recebam o Espírito Santo. Também não é bíblico tal comportamento. Não foi nenhum discípulo quem assoprou sobre os outros, mas o próprio Senhor Jesus Cristo, num ato que demonstrava estar deixando para seus servos, para aqueles que creram nele, do seu próprio Espírito, tal como prometera anteriormente (ver João 14:16).
O crente recebe o Espírito Santo sem qualquer manifestação exterior, como uma dádiva do Senhor Jesus Cristo, quando ele entrega-se a Jesus Cristo como Salvador e Senhor, entrega essa que é manifestada através da submissão ao batismo que foi ordenado por Jesus. Isto é o que expressa o apóstolo Paulo, quando, escrevendo aos crentes da Galácia, demonstra que o recebimento do Espírito Santo não é por obras, mas pelo ouvir com fé (Gál. 3:2).
CONCLUSÕES

1. Ficar a buscar recebimento do Espírito Santo depois de receber Jesus Cristo como Salvador, é imaturidade cristã, é falta de reconhecimento de que Deus Pai, Deus Filho e Deus Espírito Santo são uma só pessoa. Como poderia alguém receber Jesus como Salvador, recebendo-o para habitar em seu ser, e depois receber o Espírito Santo como se fosse uma outra pessoa divina?

2. Jesus, após sua ressurreição, voltou à presença do Pai onde está até hoje e de onde só voltará no dia do juízo final. Mas também afirmou que estaria com seus servos todos os dias, até que os séculos se consumassem. Afirmou também que, onde estivessem duas ou três pessoas reunidas no nome dele, aí ele também estaria. Como pode ser isto? Como poderia Jesus estar no céu sendo prometida sua volta conforme foi sua subida, conforme está registrado em Atos 1:11, e habitar em cada um que o aceita como Salvador? Só há uma resposta bíblica e lógica para esta questão: Jesus habita nos seus servos na pessoa do seu Espírito. Quando alguém recebe Jesus em sua vida, recebe na pessoa do Espírito Santo.

12 comentários:

  1. excelente esclarecimento, ajudara muitos que estão sendo enganados por falsas doutrinas. e preceitos de homens oportunistas, pessoas que usam a biblia para tira proveito de jeite inocente e leiga .

    a braço todos que Deus os ilumine abundantemente..

    ResponderExcluir
  2. Não entendi essa última parte que diz "imaturidade Cristã" :/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Imaturo é o que é infantil, que não amadureceu. Imaturidade cristã é infantilidade na vida cristã, falta de amadurecimento, meninice na fé. Foi o que o apóstolo Paulo disse aos crentes de Corinto, que eles eram meninos na fé. Não se trata de um pecado, mas uma falta de conhecimento que leva a atos inúteis, sem resultados reais.

      Excluir
  3. E a bíblia diz que nos erramos por não consultar as escrituras.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente. O próprio Senhor Jesus disse isso a um grupo de líderes religiosos e estudiosos das Escrituras. E foi muito mais além de dizer-lhes por não consultar as Escrituras. Ele disse que eles erravam por não CONHECEREM as Escrituras. Talvez consultassem. Os doutores da Lei, certamente liam mas não consultavam para conhecer e, por isso, erravam no principal: reconhecer que Jesus Cristo é o Salvador dado por Deus ao mundo. Da mesma maneira a doutrina do Espírito Santo é pouco conhecida porque uns poucos dizem o que querem e muitos os seguem sem consultar a veracidade do que dizem. Obrigado por sua participação.

      Excluir
  4. Passo pela mesma angústia, pois 5 de maio deste ano eu estava assistindo TV daí o ator estava com inveja do amigo que tinha sorte de conhecer mulheres ricas,e ele nao tinha,então ele disse pró amigo : digo isso pq Deus não me da uma oportunidade dessas..... Daí eu disse Deus e depois disse a palavra besta, e fiquei olhando pró ator,daí veio uma voz na minha mente dizendo: oque foi que vc disse? Então assim que eu dei atenção pra aquela voz senti uma opressão tomando conta de mim, daí eu na mesma hora disse meu Deus oque eu falei mesmo? Não eu falei besta pró ator foi pró ator.... Daí aquela opressão diminuiu porém fiquei com uma tristeza no coração, depois de alguns dias de madrugada ouvi de novo uma voz dizendo : vc blasfemou sim....e daí fiquei atormentada desde então, pois minha memória me traí, não consigo ter aquela convicção que a palavra besta foi realmente pró ator porém, também não consigo chegar pra Deus e dizer me perdoa pois te xinguei, já que dentro de mim também não consigo enxergar que falei aquilo pra Deus,e eu sei que de Deus a gente não esconde nada,não estou mentindo, porém eu olho pra dentro de mim e não acho resposta,tenho orado e pedido a Deus que me faça lembrar e ter a certeza de qual foi a minha real intenção naquele dia, tenho sofrido muito,perdi o apetite, emagreci muito,não tenho cabeça pra estudar e nem cuidar de mim,perdi o controle da minha vida e o amor próprio, já planejei o suicídio, mas Deus não me permitiu fazer,estou ficando fraca e desanimada pra orar,nem acordo mais cedo,só quero dormir pra fugir da realidade,o pior é que se eu tivesse falado qualquer outra palavra tipo idiota eu já teria me perdoado,porém foi a palavra besta, e apesar da gente usar essa palavra no cotidiano com coisas e pessoas, a bíblia diz que besta é o diabo, e isso torna minha situação pior,mas quando isso aconteceu e não tinha nada planejado pra pecar contra Deus ,jamais queria estar passando por isso,ao contrário eu quero e paz com Deus e consciência limpa,

    ResponderExcluir
  5. Daniela. Creio que você postou seu comentário em assunto diferente do que você queria publicar. Não seria no estudo sobre A BLASFÊMIA CONTRA O ESPÍRITO SANTO? Mas você não blasfemou contra Ele. Lembre-se que Deus Pai, Deus Espírito Santo e Deus Filho são pessoas distintas. Você não se referiu ao Espírito Santo e não atribuiu nenhuma obra dEle ao maligno. O seu tormento pode ter outra origem que está sendo camuflada por Satanás. A voz que você está ouvindo pode ser dele, que deseja mantê-la na opressão e, até mesmo, tirar sua vida. O que me impressionou muito foi o fato de você sentir inveja. Reveja este sentimento e peça perdão a Deus. Quando ao fato de não ter certeza de ter usado a expressão "besta" para Deus, peça perdão a Ele assim mesmo. Por que não pedir perdão? O que a constrange realmente? Peça perdão com sinceridade e sinta paz em seu coração.

    ResponderExcluir
  6. Pastor Eu fui assistir a luta com uns colegas em um barzinho ai tinha uma mulher que tava me olhando eu ja errei pq nao deveria ter ido ver a luta la .. E minha carne queria ir na menina mas ai eu penso que nao posso pecar pra magoar o Espirito Santo e imediatamente mimha mente ativa varios xingamentos contra Deus e meu medo foi eu ter aceitado .. Porquei veio um xingamento conta o Espirito Santo e parece que eu aceitei sabe? Parece que eu falei na mente que nada eu vou blasfemar mesmo ja to condenado e veio o pensamneto xingando* de tanto eu nao aguentar ai quando sair de la fiquei culpado a minha noite acabou ali eu to com muito medo sera que essee é o meu fim? Nao quero voltar pro mundo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Luan. É uma atitude muito estranha uma pessoa xingar Deus. Você pode estar sob forte influência maligna, ou sua mente estar bastante corrompida. Mas o sentimento de culpa e o desejo de não voltar para o mundo é bom sinal. O caminho é o arrependimento sincero, colocado diante de Deus, e o pedido de perdão. Juntamente com isso, um propósito de viver uma vida de santificação, de separação das coisas pecaminosas do mundo. Deus há de restaurá-lo.

      Excluir
  7. Ooi meu nome e Andressa . bom hoje mesmo desda sete horas da manha chorando ate agora por pensar que competir esse pecado . inimigo coloca pensamentos pra eu xingar o espirito santo só que sempre repreendo e tou com muita dúvida ame ajudem PPR favor o eu blasfemei ? Por inimigo colocar isso na minha mente de xingar mais não chinguei e repreendir eu cometir a blasfêmia ??

    Tou com muito medo me ajudem !!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Andressa, digo a você o mesmo que disse ao Luan. Você está no meio de uma luta terrível, a da csrne contra o espírito. Está vencendo porque respeita Deus e o Espírito Santo. Mas precisa verificar em que está dando algum lugar à carne e resistindo a Deus. Você já entregou sua vida completamente a Jesus? Fez dEle o Senhor de sua vida? Faça isso de todo o coração e terá paz completa.

      Excluir
    2. Andressa, digo a você o mesmo que disse ao Luan. Você está no meio de uma luta terrível, a da csrne contra o espírito. Está vencendo porque respeita Deus e o Espírito Santo. Mas precisa verificar em que está dando algum lugar à carne e resistindo a Deus. Você já entregou sua vida completamente a Jesus? Fez dEle o Senhor de sua vida? Faça isso de todo o coração e terá paz completa.

      Excluir